Senado aprova nome “Ponte Paixão Côrtes” para nova travessia do Guaíba

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (2/07) o relatório do senador Lasier Martins (Podemos-RS) favorável ao projeto que denomina de “Ponte Paixão Côrtes” a nova travessia sobre o Rio Guaíba, em Porto Alegre. De acordo com o PL 1.279/2019, o nome em homenagem ao folclorista gaúcho diz respeito à ponte, que contará com de 7,3 quilômetros.

De autoria do senador Luis Carlos Heinze (PP/RS), a iniciativa busca valorizar e perpetuar a memória de um dos maiores nomes do tradicionalismo gaúcho. Falecido em 27 de agosto último, aos 91 anos, Paixão Côrtes era agrônomo, mas ficou conhecido como principal referência de promoção e preservação dos costumes gaúchos. A matéria foi analisada, de forma terminativa, na Comissão de Educação (CE) do Senado e segue agora para a Câmara. “Por tudo o que Paixão Côrtes representa é, sem dúvida, pertinente, oportuna, justa e meritória a iniciativa”, enfatiza Lasier.

Nascido em Santana do Livramento em 12 de julho de 1927, o jornalista, compositor e radialista Paixão Côrtes foi responsável pela origem dos Centros de Tradições Gaúchas (CTG), hoje espalhados pelo mundo. Devido ao forte vínculo com a cultura do Rio Grande do Sul, ele serviu de modelo, em 1954, para a Estátua do Laçador, do escultor Antônio Caringi, instalada na zona Norte de Porto Alegre, próxima ao aeroporto da capital Porto Alegre. Nela estão representados o gaúcho e sua indumentária típica: tirador, laço, guaiaca, bombacha, lenço, camisa, botas, e vincha na cabeça.

ASCOM