Município gaúcho recebe título de Capital Nacional dos Rodeios Crioulos

O Senado aprovou nesta terça-feira (5) projeto que reconhece o município de Vacaria, no Rio Grande do Sul, como a Capital Nacional dos Rodeios Crioulos. O relatório do senador Lasier Martins (Podemos-RS) favorável à matéria foi aprovado de forma terminativa na Comissão de Educação (CE) e contou com apoio unânime do colegiado.

Considerado o maior evento tradicionalista da América Latina, o torneio cultural em Vacaria com animais e atividades de montaria, provas de laços e rédeas, passou a ser chamado de “Copa do Mundo dos rodeios”.  “A concessão do título trará ainda mais visibilidade ao município. O Rodeio de Vacaria é considerado parte integrante da história do RS e do gaúcho”, observa Lasier.

Na justificativa do PL 3135/2019, o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), autor da matéria, destaca o crescimento do Rodeio de Vacaria que teve início em 1958, em caráter municipal, e passou a ser reconhecido como um evento internacional.

Rodeio Crioulo

Surgiu no Rio Grande do Sul na década de 1950 a partir de torneios de competição de tiros de laços. Diferente do Rodeio Country, que é competitivo e sempre busca a premiação, o Rodeio Crioulo tem como objetivo principal a manifestação das tradições do campo. Dessa forma, além de provas nas quais são avaliadas as habilidades do homem e o desempenho do animal, também há diferentes manifestações culturais gaúchas como a dança, a chula (sapateio exclusivo de peões), a trova (criação e improviso de versos cantados), além das vestimentas típicas.

(ASCOM)