Lasier pede para STF liberar investigação de Gilmar

Lasier Martins (Podemos-RS) conclamou esta tarde (7) o Supremo Tribunal Federal (STF) a julgar de imediato o recurso da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentado ontem, para derrubar “decisão autoritária do ministro da corte Alexandre de Moraes, que suspendeu a investigação da Receita sobre 133 contribuintes”.

O senador gaúcho se disse perplexo pela suspensão do trabalho de dois auditores da Receita e cumprimentou a procuradora-geral pela iniciativa. Ele espera que a primeira turma do STF ou mesmo o plenário do tribunal decida logo sobre o recurso, bem antes do prazo estabelecido, de 180 dias, o que se arrastaria até fevereiro de 2020.

“É preciso revisar essa decisão inconstitucional que impede apurações sobre receitas elevadas e de justifica incompreensível envolvendo pessoas suspeitíssimas, como o ministro Gilmar Mendes e a sua mulher”, afirmou Lasier na tribuna.

Para ele, a suspensão foi mais um “procedimento estranho” de Moraes contra o princípio da lei alcançar a todos. “O Ministério Público não foi ouvido e o próprio ministro não é isento por ser provável alvo do Fisco”, disse.

(ASCOM)