Comissão aprova relatórios de Lasier que valorizam a Ovinocultura no RS e no Brasil

A Comissão de Educação aprovou nesta terça-feira (13) dois relatórios do senador Lasier Martins (Podemos-RS) favoráveis a projetos que valorizam a ovinocultura. O PLS 3.780/2019, institui o Dia Nacional da Ovinocultura, que deverá ser celebrado em 19 de janeiro. Já o PLS 2.109/ 2019 confere o título de Capital Nacional da Ovelha ao município de Sant’Ana do Livramento, no Rio Grande do Sul (RS), pois a região possuir o maior rebanho ovino do país, com 433.650 cabeças. Essa matéria foi proposta pelo senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)

“A ovinocultura é de profunda importância para o país tanto na perspectiva econômica quanto cultural e de identidade nacional. O projeto é uma oportunidade para a conscientização sobre essa atividade que, além de movimentar a economia, é também um instrumento de inclusão social”, observa Lasier.

De autoria do deputado Afonso Hamm (PP-RS) o projeto que cria a data nacional em homenagem a ovinocultura também prevê a realização de campanhas de esclarecimento sobre o tema. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2015 indicam que o número de ovinos no Brasil ultrapassa 18 milhões de cabeças. A ovinocultura tem como objetivo a produção de alimentos de origem ovina, na forma de carne e leite e produtos com pele e lã extraída desses animais. O RS criou em 1942 a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO), com o objetivo de congregar produtores do estado. Hoje, com sede em Bagé, a ARCO incentiva a ovinocultura em todo o país.

(ASCOM)