Busca de consenso para corrigir depósitos trabalhistas

Lasier Martins (Pode-RS) se reuniu esta tarde com o setor empresarial e com a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), Vania Cunha Mattos, para avaliar projeto de sua autoria que altera a mudança do cálculo de correção dos depósitos recursais de ações trabalhistas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E).

O senador e Paulo Paim (PT-RS), relator do PLS 396/2018, ouviram dos presentes a sugestão de um índice alternativo que pudesse não prejudicar nem devedores nem os trabalhadores.

A desembargadora Vania sugeriu o reajuste mensal dos depósitos pelo IPCA mais 0,2% como uma solução de equilíbrio, evitando o impasse. Hoje, essas dívidas são atualizadas pela Taxa Referencial (TR). “Com a forma atual de correção, os valores depositados viram pó ao longo do tempo”, observou o parlamentar gaúcho, que também aposta num entendimento para superar o impasse.

Além da presidente do TRT-RS, estavam presentes representantes da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), e da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O relator Paim, que já ouviu o setor financeiro, irá se reunir também com sindicalistas para elaborar seu parecer.

(ASCOM)