Senadores unidos em defesa do Ceitec

Reunidos hoje (13) por videoconferência com funcionários do Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec) e vários técnicos e dirigentes de parques tecnológicos do estado, os três senadores gaúchos ouviram argumentos da importância de manter pública a instituição localizada na Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre. O Ceitec está na lista das empresas públicas a serem vendidas pelo governo federal nos próximos meses.

Por sugestão do Senador Lasier Martins (Podemos) o tema será levado para audiência com o ministro-chefe da Casa Civil, General Braga Netto. Criado há 11 anos, o Centro tem tecnologia de produção de chips e semicondutores apresenta rotineiros déficits orçamentários.
Apenas no ano passado, o governo federal investiu R$ 67 milhões para custeio do Ceitec. Os senadores alegam que há possibilidade de transformar a empresa numa referência no setor de microeletrônicos. “Nos Estados Unidos, na China e na Coreia do Sul, há uma enorme lucratividade com estes produtos. Este deve ser o nosso caminho”, destacou Lasier. Já Luís Carlos Heinze (PP) se colocou à disposição para agilizar o encontro no Palácio do Planalto. O Senador Paim Paim, por sua vez, disse que irá pedir à bancada federal gaúcha que ajude a sensibilizar o presidente Jair Bolsonaro para suspender o processo de venda.

(ASCOM)