Lasier pede que Legislativo busque trégua entre Executivo e Judiciário

Em seu pronunciamento na sessão virtual do Senado esta noite (28), Lasier Martins (Podemos-RS) apresentou sugestão que fez à bancada de seu partido, para que o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), atue em favor do diálogo entre o Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF), visando apaziguar perigosas e crescentes tensões entre os dois lados. Para isso, ele propôs reunião, que poderia ser no Senado, para “acalmar ânimos muito exacerbados”.

No encontro conduzido por Alcolumbre e com presença do Procurador-Geral da República, o Executivo seria representado pelo advogado-geral da União e o Legislativo, pelo presidente do STF, e o objetivo seria aproximar as partes para construir trégua de 30 dias, prazo para a realização de novas conversas. “Os confrontos vêm se intensificando, caíram no domínio público e saíram do controle, com seus protagonistas tomando posições antagonistas e raivosas”, justificou Lasier.

Para viabilizar o acordo, o senador propõe suspensão, pelo Supremo, do polêmico inquérito das fake News, além da convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para depoimentos na Polícia Federal. Por fim, espera que cessem a troca de notas agressivas e de provocações do presidente Jair Bolsonaro. “Precisamos de entendimento para evitar ações violentas, que abalem as estruturas da República”, concluiu.

(ASCOM)