Lasier defende unidade política pelo Rio Grande do Sul

Em reuniões no Palácio Piratini e na Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (18), o senador Lasier Martins (Pode-RS) defendeu a unidade entre os parlamentares eleitos pelos gaúchos e os poderes para que o Rio Grande do Sul supere a grave crise financeira que vive. “É louvável a presença de parlamentares de todas as siglas na reunião. Isso significa a sensibilidade dos nossos parlamentares aos problemas do estado. Temos que ter claro que acima de todos os interesses, está o Rio Grande e a sociedade gaúcha”, defendeu Lasier.

No Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite (PSDB) e seus secretários receberam senadores e deputados federais. Eles discutiram a destinação de recursos. O governador fez um apelo aos representantes gaúchos em Brasília para que dialoguem com o governo e busquem, de forma conjunta, com muito diálogo e democracia, unir esforços para que mudanças estruturais possam ser promovidas no estado. “Estamos mal e não temos remédio. Mas precisamos buscar remédio e, felizmente, temos a quem recorrer. Para isso, no entanto, é preciso unirmo-nos pela causa maior, o Rio Grande. Deixemos de lado ideologias e posições político-partidárias em nome do que é preciso para recolocar nosso estado no rumo certo”, acrescentou o senador.

Na Assembleia, o anfitrião foi presidente da casa, deputado Luís Augusto Lara (PTB). Ele reuniu o governador, senadores, deputados federais, deputados estaduais, representantes do Judiciário e de setores produtivos. A busca pela unidade de atuação é uníssona. “Cada vez o nosso estado deve mais e não consegue pagar. Temos que discutir prioridades e agir com força em pautas específicas, que devem ser discutidas de forma coletiva. Os temas estão postos: a dívida estadual com a União, o Pacto Federativo e a Lei Kandir. São muitos os temas e precisamos de ideias para enfrentarmos o grave momento e superarmos o que está posto”, finalizou Lasier.

(ASCOM)